­
ABORDAGEM DA INTOXICAÇÃO AGUDA POR MONÓXIDO DE CARBONO EM IDADE PEDIÁTRICA NO SERVIÇO DE URGÊNCIA

ABORDAGEM DA INTOXICAÇÃO AGUDA POR MONÓXIDO DE CARBONO EM IDADE PEDIÁTRICA NO SERVIÇO DE URGÊNCIA

Vera Gonçalves, Francisco Ribeiro-Mourão, André Costa e Silva, Francisca Martins, Mariana Branco, Hugo Rodrigues, Sandrina Martins
Preço base com taxas
Preço Venda5,00 €

Descrição

ACUTE CARBON MONOXIDE POISONING IN PEDIATRICS: APPROACH IN THE EMERGENCY DEPARTMENT

A idade pediátrica é uma das faixas etárias mais afetadas pela intoxicação por monóxido de carbono (CO). As crianças são mais vulneráveis devido à sua taxa metabólica aumentada e à incapacidade de reconhecer uma exposição potencial e de expressar os sintomas. A inespecificidade das manifestações clínicas dificulta o diagnóstico e torna o diagnóstico diferencial amplo. A medida terapêutica mais importante é a oxigenoterapia a 100%, mas o benefício da oxigenoterapia hiperbárica (HBO) deve ser sempre avaliado.
Pelas suas especificidades, a abordagem da intoxicação aguda por CO em idade pediátrica levanta inúmeras questões, que não estão contempladas em estudos e protocolos de atuação clínica. (continua..)

Palavras-chave: intoxicação por monóxido de carbono; carboxihemoglobina; oxigenoterapia hiperbárica; cianeto
Keywords: carbon monoxide poisoning; carboxyhemoglobin; hyperbaric oxygenation; cyanide

 

­

Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 1995-2021 Revista de Saúde Infantil | ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra | Portugal | Todos os direitos reservados