­
ALERGIA A FÓRMULAS EXTENSAMENTE HIDROLISADAS – A PROPÓSITO DE UM CASO CLÍNICO

ALERGIA A FÓRMULAS EXTENSAMENTE HIDROLISADAS – A PROPÓSITO DE UM CASO CLÍNICO

Cátia Granja, Sónia Lemos
Preço base com taxas
Preço Venda5,00 €

Descrição

ALLERGY TO EXTENSIVELY HYDROLYZED FORMULAS – ABOUT A CLINICAL REPORT

A alergia às proteínas do leite de vaca (APLV) é a alergia alimentar mais frequente em idade pediátrica. O tratamento consiste na evicção das proteínas do leite de vaca (leite de vaca e produtos à base de proteína do leite de vaca). As fórmulas extensamente hidrolisadas (FEH) são a primeira escolha em crianças com diagnóstico de APLV quando não é possível o leite materno. No entanto, mesmo estas podem conter péptidos com potencial alergénico.
Apresentamos o caso de uma criança de 7 meses com APLV IgE mediada e alergia à FEH, sua abordagem e seguimento em consulta de Alergologia Pediátrica. (continua...)

Palavras-Chave: alergia; proteínas do leite de vaca; fórmulas extensamente hidrolisadas; fórmulas de aminoácidos.
Keywords: allergy; cow’s milk proteins; extensively hydrolyzed formulas; amino acid-based formulas.

 

­

Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 1995-2021 Revista de Saúde Infantil | ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra | Portugal | Todos os direitos reservados