­

Síndrome de Amplificação Dolorosa musculoesquelética – a abordagem da Psiquiatria da Infância e da Adolescência

Pedro Henriques Santos, Catarina Amaral, Sara Pedroso, Iolanda Veiros, Pedro Figueiredo
Preço base com taxas
Preço Venda3,00 €

Descrição

Musculoskeletal Pain Amplification Syndrome – the approach of Child and Adolescent Psychiatry

Introdução: A Síndrome de Amplificação Dolorosa (SAD) resulta de um precipitante somático, intensificado por fatores biológicos, psicológicos e sociais. A incidência, entre 4 e 18 anos, pode chegar aos 25% e tem início habitualmente na adolescência. As condições pediátricas mais associadas são inespecíficas ou idiopáticas.
Objetivo: clarificar o papel da Psiquiatria da Infância e da Adolescência na abordagem a esta condição.
Métodos: revisão não sistemática da literatura.
Resultados: Existe uma associação entre a SAD e o gene que regula o catabolismo da norepinefrina. O impacto do tratamento nas vias da dor foi objetivado por ressonância magnética funcional. (continua...)

Palavras-chave: Síndrome de Amplificação Dolorosa, modelo biopsicossocial, abordagem multidisciplinar, dor crónica, terapia cognitivo comportamental
Keywords: Pain Amplification Syndrome, biopsychosocial model, multidisciplinary approach, chronic pain, cognitive behavioral therapy

­

Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 1995-2018 Revista de Saúde Infantil | ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra | Portugal | Todos os direitos reservados