­

VICISSITUDES EM TORNO DO SABOR DO LEITE MATERNO

H. Carmona da Mota

Descrição

“À data prevista, começava o solstício do Verão, por uma bela manhã, rubente como peónia, veio à luz o varãozinho anunciado. A mãe não sentiu dores nem deu mostras da mais leve contracção muscular; foi suave como o desatar das sépalas dum botão de rosa. Tudo no inocentinho, alvura de neve, ademanes, olhos negros, abertos, talvez, com espanto do mundo, proporção admirável dos membros, eram indícios de sublimidade. Para mais, os sinos que ninguém mandara tocar despediram em alegre repique, e no céu apareceram revoando tantas pombas brancas que só se explicava como alvoroço dos anjos e não de aves da terra. (continua...)

 

 

Este artigo é gratuito > pdfsymbol download disponível

 

­

Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 1995-2022 Revista de Saúde Infantil | ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra | Portugal | Todos os direitos reservados